O NUAGRÁRIO

O Núcleo de Estudos Agrários e Dinâmicas Territoriais (NUAGRARIO) vem desde 2006 desenvolvendo atividades de pesquisa, inicialmente, os trabalhos estavam voltados para o entendimento das Comunidades de Fundos de Pasto existentes no município de Oliveira dos Brejinhos no estado da Bahia. Posteriormente, ampliamos as possibilidades do Núcleo estendendo as pesquisas para o entendimento da estrutura fundiária do estado de Alagoas, utilizando para alcançar esse objetivo dos dados disponibilizados pelo IBGE, referentes a estrutura fundiária iniciando os levantamentos de 1940, o  Índice de Gini e a Curva de Lorenz são utilizados para mensuração. Da leitura da concentração da terra e reflexões resultantes, fomos provocados, no bom sentido, a pesquisar sobre para espacialização dos conflitos no campo alagoano e a distribuição dos assentamentos rurais de reforma agrária; trabalhos sobre o agronegócio, em particular, o sucroalcooleiro e seu amargo sabor; tramas e enredos da cidade, do urbano e da relação campo-cidade. Esses temas se conectam e se sobrepostos à realidade encontrada no estado de Alagoas quando analisamos a produção e a organização do espaço, o território, as territorialidades e das dinâmicas territoriais envolvidas no movimento da penetração do capitalismo no campo, a qual se baseia na hegemonia da “pequena política”, lembrando Gramsci, e numa peculiar relação capital-trabalho e no poder no qual ainda perdura das oligárquicas tradicionais.

 

Responsáveis pelo portal:

Prof.a. Dr.a. Cirlene Jeane Santos e Santos.

Prof. Esp. Ricardo Santos de Almeida.

 

Conheça nossos pesquisadores

Coordenado pela Prof.a. Dr.a. Cirlene Jeane Santos e Santos o NUAGRARIO objetiva a participação de estudantes proporcionando a compreensão do espaço geográfico sob um viés crítico e analítico.

Clique aqui para conferir nossos pesquisadores.

Nossas Notícias

Venha comemorar o Dia do Geógrafo conosco. A realização é do CAGEO-IGDEMA-UFAL

02/02/2014 19:04

http://diadogeografo2014.blogspot.com.br/

Venham comemorar conosco o nosso dia!!!!

Programação:
* Tarde (14h00 às 18h00)
Tema: Os Caminhos da Geografia
Profº Alvacy Lopes do Nascimento - UFAL
Profº Paulo Rogério de Freitas Silva - UFAL

* Noite (19h00 as 21h30)
Tema: A Geografia na Atualidade
Profª Cirlene Jeane Santos - UFAL
Profº Ricardo Oliveira (MORAL) - Rede Pública


LOCAL: Auditório do IGDEMA (bloco de Geografia-UFAL, Campus Maceió/AL)

001.jpg

A cumplicidade dos canaviais e a especulação imobiliária em Maceió/AL são temas de monografia

05/06/2013 00:00

Por: Ricardo Santos de Almeida.

 

Na tarde desta quarta-feira (05/06/2013) no auditório do Instituto de Geografia, Desenvolvimento e Meio Ambiente (IGDEMA) ocorreu a apresentação/defesa da monografia intitulada "A Produção do Espaço Urbano no bairro Benedito Bentes: A cumplicidade dos Canaviais e a Especulação Imobiliária" sob autoria de Wellinson Oliveira de Lima, do curso Geografia Bacharelado, orientado pela Prof. Dr.a. Cirlene Jeane Santos e Santos.

Os membros convidados para a banca examinatória de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) foram o Prof. Msc. Luciano Lima Ferreira e o Prof. Dr. Paulo Rogério de Freitas Silva.

Wellinson Oliveira de Lima no momento da apresentação de TCC.

 

Na referida monografia, Wellinson correlaciona o processo de expansão urbana na área norte da capital alagoana motivados principalmente pela inserção de um Shopping Center, pelos investimentos do capital, a partir da especulação imobiliária fomentada também por investimentos estatais impulsionando  uma das áreas periféricas da cidade (bairros Benedito Bentes e abrangendo também o Cidade Universitária).

O autor também analisa os contrastes exacerbados na paisagem, desde a criação do Conjunto Habitacional Benedito Bentes ao seu desmembramento do bairro Tabuleiro dos Martins originando um novo bairro, às decorrentes transformações atuais potencializadas pelo processo de especulação imobiliária que viabilizam um "melhor" acesso a bens e consumo coletivos.

 
Florescimento de Prédios próximos ao Shopping Pátio Maceió.
Fonte: Wellinson Oliveira de Lima (2013).
 

Todos estes aspectos foram analisados após pesquisas em campo, seja nos referidos bairros, como também em órgãos públicos, dentre os quais se destacam a Secretaria de Planejamento de Maceió, Associação Comercial de Alagoas, Museu da Imagem e do Som de Alagoas e Prefeitura Comunitária do Benedito Bentes.

 
Construção de novas moradias.
Fonte: Wellinson Oliveira de Lima (2013).
 

A metodologia utilizada por Wellinson em sua pesquisa fundamentou-se na abordagem teórica acerca do espaço urbano elencando a participação dos agentes sociais responsáveis por sua produção e reprodução, destacando também a atuação dos agentes imobiliários e do Estado para com isso comprovar a transformação de terras rurais em urbanas fomentadas pelo Estado. E para tais afirmações, o agora bacharel em Geografia analisou sistematicamente a evolução urbana de Maceió, desde povoado à capital do estado de Alagoas.

 

Wellinson Oliveira de Lima no momento da apresentação de TCC explicitando a metamorfose do espaço urbano no bairro Benedito Bentes.

 

Foram também analisadas as entrevistas com moradores dos bairros relacionando o processo de territorialização do capital imobiliário na transformação deste recorte do espaço geográfico, outrora dominado quase exclusivamente pelo cultivo canavieiro que ainda é ainda responsável por grande participação no Produto Interno Bruto Municipal.

A monografia estará disponível em breve, no portal NUAGRÁRIO.

<< 1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>